PORTOFINO

Cliente | Privado Área de intervenção | 1.200 m2 ÁREA DE CONSTRUÇÃO | 1.800 m2 Localização | Cascais Tipo | Habitação Multifamiliar Cronologia | 2015 Status | Em construção Mais info | Imagens 3D: 4+Arquitectos
Cliente | Privado Área de intervenção | 1.200 m2 ÁREA DE CONSTRUÇÃO | 1.800 m2 Localização | Cascais Tipo | Habitação Multifamiliar Cronologia | 2015 Status | Em construção Mais info | Imagens 3D: 4+Arquitectos
Voltar a projectos

Integração do volume na envolvente

O edifício de habitação multifamiliar é composto por 13 frações de tipologias T1, T2 e T3, distribuídas por 3 pisos e sótão. A volumetria proposta assume as lajes de piso, que avançam em relação à implantação das frações, para lhe acrescentar leveza. Os planos cegos de fachada deverão ser rasgados por vãos, de laje a laje, que ritmam a leitura da fachada, sendo estes complementados por portadas deslizantes. A cobertura, revestida a telha plana (reinterpretando o revestimento das coberturas vizinhas), distribui-se pelos vários planos e prolonga-se até à linha horizontal das guardas dos vãos do último piso. De forma a criar espaços de estar exteriores, tirou-se partido da diminuição de área bruta de construção e acrescentaram-se elementos verticais que permitem a expansão da área de estar exterior: “terraços suspensos”. Pela sua leveza, estas estruturas metálicas não interferem com a linguagem da volumetria edificada, aumentado a qualidade dos espaços de estar comuns (salas) de cada fração e dando amplitude aos mesmos.

Voltar a projectos